Fotografias de Nila Costa, curadoria de Jade Matarazzo e obras de Jônatas Chimen e Manu Militão, Inside Out, exposição multimida, propõem refletir sobre a quebra de padrões estéticos e conceituais por meio da história única da atriz e ativista Tathi Piancastelli, que tem síndrome de Down.


Em um trabalho de grande força imagética, os artistas revelam, através do corpo e expressão de Tathi, as muitas facetas de uma mulher comum desmistificando estereótipos escondidos no imaginário social.
Inside Out, oportuniza por meio da arte, o convívio com a pluralidade, o exercício da permissão de sermos quem somos, em um movimento em favor da tolerância e do respeito.


Inside Out esteve presente na ONU em Nova York, com apoio da Missão Permanente do Brasil na ONU, Consulado Brasileiro em Nova York, e Down Síndrome International, durante a celebração do Dia Internacional da Síndrome de Down, ficando exposta ao público por 5 dias em Nova York seguindo para Miami para mais 5 dias de exibição.

Screen Shot 2019-01-27 at 1.34.36 PM.png
Screen Shot 2019-01-27 at 9.32.05 PM.png
Screen Shot 2019-03-30 at 9.11.36 PM.png

NILA COSTA

Idealizadora

A idealizadora do projeto "Inside Out", é fotógrafa criativa e artista visagista que tem um dos estúdios fotográficos mais conseituados do Rio de Janeiro. Especialista em fotografar mulheres, até 2017 foram mais de 3.200 que passaram pelas suas lentes. Seu olhar revela sempre a verdadeira essência feminina, trazendo à tona a beleza de cada mulher. As fotografias de Nila Costa se tornam verdadeiras obras de arte, estão sempre contextualizadas com símbolos arquetípicos, elementos inusitados e criativos como: aço, arames, grades, tecidos com movimento, papel marche, troncos de árvores, flores e folhas naturais. Palestrou por dois anos consecutivos no maior congresso de fotografia da América Latina e no segundo maior do mundo, para um público de 3.000 profissionais. Vem sendo convidada por curadores brasileiros e internacionais para exposições. No Brasil teve grande destaque expondo no Congresso Nacional (Brasília - DF 2017) e em Miami em uma das maiores feiras de arte do mundo, a ArtBasel Week em 2017.

Screen Shot 2019-03-30 at 9.11.48 PM.png

JADE MATARAZZO

Curadoria

Profissional renomada com 15 anos de experiência no mercado das artes, criadora e diretora do ArtBrazil em Miami - FL e está à frente de inúmeros projetos internacionais na área cultural e social nos Estados Unidos, Brasil, Europa e Ásia. Em 2010 começou a promover encontro entre escultores, pintores, músicos e street artists, criando assim, projetos conceituais e exposições para novas plataformas de arte, dando continuidade ao legado familiar deixado pelo convívio com Ciccillo Matarazzo e seu amor por todas as formas de empreendendorismo cultural. Em 2016, Jade seu juntou ao Instituto de Arte da Sotheby's para continuar seus estudos sobre vários aspectos do mercado de arte, incluindo a Arte como um Negócio Global, Curadoria e História da Arte. Com várias publicações, Jade já recebeu diversos prêmios e realizou mais de 15 exposições individuais nos Estados Unidos, Europa e Ásia, incluindo o Museu Morikami.

Screen Shot 2019-03-30 at 9.12.00 PM.png

JONATAS CHIMEN

Artista convidado

Artista convidado é autor e acadêmico simbolista brasileiro-americano. Seu trabalho explora a identidade pessoal e coletiva, em meio a uma paisagem cultural complicada e em constante mudança. A arte de Jonatas é baseada em vários processos, variando desde o Realismo espanhol tradicional até formatos contemporâneos em 2D, 3D e vídeo. Nos últimos 17 anos, Jonatas foi destaque em numerosas biennales, museus, galerias de arte, e leilões. Seus eventos de maior destaque foram a Bienal de Jerusalém, a Bienal de MONA, o Museu de Arte Patrícia e Phillip Frost, o Museu Judaico da Flórida, a Semana de Arte Basel em Miami, e a Artexpo em New York. Em 2015, Jonatas Chimen recebeu o título de Artista do Ano pela Liga da Anti-Difamação (ADL) pela série de arte intitulada The Journey.

Screen Shot 2019-03-30 at 9.12.13 PM.png

MANU MILITÃO

Artista convidado

É artista convidado e aos 14 anos fez a primeira exposição motivado por sua professora de arte, a D. Marilda. Ela ensinou a ele a técnica de óleo sobre tela e em um m ês de férias, ele produziu 37 telas. Foi realizada então, a primeira exposição. Mais tarde participou dos salões de arte, cenografia teatral, quando produziu grandes painéis sem pre tendo como base o desenho realístico. Em 1990 em Madri, participou do curso de colorização em cinema o que o habilitou a atuar na área do audiovisual como Diretor de Animação, Diretor de Fotografia, Cenógrafo, Diretor de Arte e Diretor de Imagem.
Em 1990 saiu do país e por 13 anos viveu na Europa, sendo reconhecido por seu trabalho, quando premiado como melhor diretor do ano em Portugal, em 2000.
Em 2017 retornou às exposições com três mostras em dois espaços universitários do UniCEUB e na Harley Davdson Brasília.